Cardo Mariano: Para que serve, indicações

Oriundo da Europa e Ásia, o cardo mariano tem sido usado como planta medicinal desde o séculos antes de Cristo. Relatos históricos demonstram sua eficácia no tratamento de doenças do fígado pelos gregos e ingleses desde o século 18.

A partir do século 19, a planta passou a ser conhecida por ajudar a tratar varizes, problemas menstruais, congestão do fígado, baço e rins; para tratar pedra na vesícula, icterícia e bronquite.

A erva chega a ter dois metros de altura, sua flor é púrpura, com espinhas afiadas, semelhante ao ouriço; suas folhas são grandes, de tonalidade verde escuro e junto com a haste, quando quebrada, soltam uma seiva leitosa.

As sementes torradas podem ser consumidas como substituto do café.

Cardo Mariano - Para que serve

Propriedades e indicações de uso

O cardo mariano é muito rico em flavonóides e compostos ativos, que, além de benefícios ao fígado, protegendo -o dos efeitos dos medicamentos, gorduras e até venenos, têm apresentado bons resultados em tratamento para o câncer de próstata.

Aprovada desde 1986 nos EUA, a silimarina atualmente é utilizada como um dos fitoterápicos mais procurados para o tratamento de doenças de fígado, como hepatite alcoólica, hepatite por vírus e esteatose ( gordura no fígado causada pelo alto consumo de alimentos gordurosos, obesidade, alterações nos níveis de colesterol e diabetes).

Contraindicações

As sementes não devem ser ingeridas em grandes quantidades,  pois acabam elevando a pressão arterial. Além disso náuseas, problemas estomacais e diarreia leves podem ocorrer após a ingestão de cardo mariano.

Em dose acima do recomendado, o chá pode causar queimaduras nas mucosas das vias digestivas, vômitos e diarreia.

Pessoas com problemas renais, úlcera, gastrite e pressão alta precisam evitar. Sendo assim fique atento! As sementes só devem ser utilizadas segundo prescrição médica, não são recomendadas para crianças.

Modo de usar

Para fazer o chá, ferva três colheres (sopa) das folhas para 500 ml de água, por cinco minutos. Tome 20 minutos antes das refeições.

Cápsulas de Cardo Mariano

Indicações Terapêuticas:

As suas sementes, ricas em similarina, bem como as folhas e a raíz contêm elementos que beneficiam a função hepática. Tem também uma acção colagoga e colerética (estimula a vesícula e a secreção biliar).

Estimula a digestão. Ajuda o fígado e favorece a secreção biliar.

Cardo Mariano - Para que serve

Composição:

Cardo Mariano (Silybum marianum; planta) – 500 mg

Dosagem e Administração:

Tomar 1 comprimido 3 vezes ao dia, depois das refeições.

Avisos:

Algumas pessoas podem ter um ligeiro e passageiro efeito laxante suave. Pode provocar dermatites por contacto.

Alguns fármacos metabolizados no fígado apresentam uma melhor biodisponibilidade quando se consome cardo mariano.

Quando administrado conjuntamente com a ioimbina ou fentolamina tem efeito antagonista.