Alfafa

Alfafa: Para que serve, benefícios, como consumir

Uma planta bastante antiga usada na alimentação, principalmente de cavalos de raça. Ainda hoje a maneira mais fácil de se obter alfafa em quantidades para banho é num hipódromo ou haras. Em cidades do interior a alfafa será encontrada em casas que vendem rações para animais. É uma das plantas mais usadas pela indústria para a obtenção de vitamina K e clorofila.

É muito indicada em casos de anemia e deficiência em vitamina K e cálcio. Nesses casos usa-se o chá e o suco das folhas. Muito nutritivo também são os brotos da alfafa, que é bastante rico em nutrientes. Alfafa ainda é rica em beta caroteno, vitaminas C,D,E e K, cálcio, potássio e ferro.

Com o consumo regular deste alimento, é possível ainda controlar o nível de glicose no sangue e controlar a pressão arterial, além de ajudar na manutenção da massa muscular e da força.

Alfafa - para que serve

Dicas de consumo

O broto de alfafa pode ser consumido como um complemento no recheio de sanduíches, como queijo cottage ou branco, cenoura ou frango temperado, por exemplo. Além disso, outra opção de consumo é na forma de salada, com temperos que complementem seu sabor.

Outra dica de consumo, é colocar o broto de alfafa no fundo do prato, e servir sopas em cima, complementando tanto a textura quanto o sabor do alimento. Lembrando que o broto de alfafa não deve ser preparado quente, mas sim adicionado nos pratos somente na hora do consumo.

Alfafa - para que serve

Chá de alfafa – Como fazer

Para preparar o chá, você deverá usar as folhas secas de alfafa, que deve ser secada na sombra. Você vai precisar de:

– 2 colheres de sopa de erva
– 1 litro de água

Em um recipiente, coloque a água e leve ao fogo. Quando começar a ferver, adicione a erva e aguarde aproximadamente três minutos. Em seguida, desligue o fogo e tampe, deixando a mistura descansar abafada por 10 minutos. Em seguida, coe e consuma.

Contraindicações da alfafa

O consumo deve ser evitado por gestantes, pois pode causar aborto – devido à toxicidade das sementes –, e pode provocar anemia. Pacientes que consomem medicamentos anticoagulantes não devem fazer uso do medicamento natural de alfafa, pois é rico em vitamina K.

Acredita-se ainda que pode acabar cortando o efeito dos medicamentos anticonceptivos. É importante, portanto, que mulheres que consomem a planta e/ou medicamentos contraceptivos façam uso de outros métodos de proteção